Check list para início de ano

Posted By on Feb 13, 2016


Check list para início de ano

 

                Nesta primeira matéria do ano resolvi fazer um check list de tecnologia para escolas de música, para que possam iniciar bem 2016. Vamos lá:

  • Como está seu web site? Existem sites que não são atualizados há anos! Algumas informações como: fotos antigas, endereço, telefone desatualizado ou sem DDD (lembre-se que empresas de outros estados podem ligar para você e não tem como adivinhar o DDD local), professores que não estão mais na sua empresa, cursos e eventos desatualizados, são alguns problemas. Não cometa este grave erro! Lembre-se: seu web site é o cartão de visitas. Sabemos que causar uma boa impressão é básico e fundamental. Por isso, não despreze o site de sua escola. Atualize com fotos novas. Textos com dicas para atrair a atenção dos alunos e interessados em estudar música vão ajudar a ser mais acessado. “Ah, não tenho site, só Facebook”. Ouço muito isso. Site é institucional. Como é sua escola? Qual a Missão, Visão e Valores? Serviços que presta? É pra isso que serve o site. Facebook ou outra rede social é um canal de interação direta com alunos e interessados. Cada um tem sua função para atrair e fidelizar clientes;
  • Rede Social: Você é daqueles que tem Facebook da escola, mas compartilha informações pessoais, festas com familiares, etc? Reveja isso. Se a conta é da escola, nada de compartilhar notícias ou qualquer coisa que fuja dos interesses da empresa. Parabenize o aluno aniversariante, foto do aluno destaque, dicas de músicas, sites relacionados, enfim, movimente! Não utilize apenas para postar “Matriculas abertas”, utilize também para fidelizar seus alunos, algo que deve ser perseguido a todo tempo por toda empresa e as redes sociais são ótimas ferramentas para tal.
  • Marketing Digital: O Facebook tem ferramentas interessantes para impulsionar um anúncio e não custa caro. O Google Adwords é fundamental para ser encontrado mais facilmente no Google. Você pode comprar créditos, por exemplo, R$ 100,00 e acompanha nos relatórios da plataforma a quantidade de cliques em seu anúncio, taxa de convergência, etc. Isto me lembra o livro “Dobre seus Lucros”, de Bob Fifer, que aborda com maestria o conceito de custos estratégicos, algo que vejo muitos cortarem, principalmente em momentos de crise. Não faça isso! Custos estratégicos são aqueles que mantém e trazem novos clientes. Se cortar tais custos, vai ficar esperando que a sorte traga novos alunos para sua escola? Tais custos também ajudam a manter clientes. Tenha certeza de que custa mais caro conquistar um novo cliente do que manter um atual;
  • Aplicativos: Existem para vários fins: educação musical, finanças, interação, etc. Por exemplo, o WhatsApp é a febre do momento e deve ser explorado por sua escola na comunicação com seus clientes. Crie grupos, mande mensagens motivadoras para os alunos, lembretes, enfim, faça o que puder para que sua escola seja lembrada como referência em seu bairro, cidade e por que não, país!
  • Tecnologia na sala de aula: para os alunos que não gostam, não obrigue ele a utilizar. Mas mostre as vantagens de tais ferramentas no contexto do curso dele. Para os alunos que gostam, existem muitas opções que podem ser experimentadas, como editores de partitura (Musescore, Encore, Sibelius…), gravadores, teclados digitais, aulas online, jogos, tv na recepção com apresentações musicais, enfim, faça análise e veja o que pode ser utilizado para deixar sua aula mais prazerosa e dinâmica;

Muita Saúde e Sucesso em 2016!

NoTom53