Business Intelligence para Empresas do Setor Musical – Parte 1

Posted By on Sep 22, 2012


Ao abrir uma empresa, o empreendedor precisa estar atento e buscar diferencial competitivo, compreender e analisar o mercado e seu público-alvo, trazendo diferencial para tornar o produto ou serviço da sua empresa único e especial. Para isso é necessário procurar maneiras de descobrir como analisar os dados certos para que seu negócio cresça.

Uma ferramenta muito utilizada por empresas de todos os portes é o Business Intelligence (BI). As pequenas empresas também podem se beneficiar com o uso do BI na entidade, tanto para questões estratégias, quanto para análise de performance internas (professor que mais perde ou mantém alunos, curso mais procurado, alocação de recursos, instrumentos mais vendidos, medir qualidade de atendimento dos funcionários, análises de CRM, entre outros), reduzindo custos e desperdícios.

A implantação de um sistema ou processos que possibilitem o Business Intelligence tem como objetivo utilizar dados e transformá-los em informações importantes para os gestores para tomada de decisão, seja em novos investimentos, seja nas decisões estratégicas da empresa. As informações tratadas para os gestores podem ser quantitativas (quantas matrículas conseguimos à partir do investimento X no veículo de Marketing Y, aumento de venda de instrumentos por determinada ação) ou qualitativas (perfil do cliente, do mercado, impacto no meu negócio, entre outras).

Para implementar o BI nas empresas do setor musical não é tão complexo, porém em primeiro lugar é preciso ter em mente que “a casa precisa ser colocada em ordem”. As empresas não estão acostumadas a enxergar os números como base de decisões, por isso os empreendedores precisam deixar o “feeling” (fundamental na música e importante nos negócios, mas perigoso se for o único indicador de decisões). Se nos basearmos apenas nas experiências anteriores temos a tendência de permanecer no mesmo lugar. O BI coloca o olhar do gestor com foco nos dados e informações consistentes para análise e tomada de decisão mais segura.

O BI pode ser implantado de várias formas. Uma das é com planilhas do Excel ou Sistemas que tenham sido criados com o objetivo de possibilitar visão estatística dos resultados obtidos pela empresa, trazendo controles mais precisos. O mais importante é ter os indicadores certos para seu negócio. O monitoramento deve ser constante e serve de controle para traçar novas estratégias para sua empresa. Tenha certeza de que em médio prazo você criará em sua organização o costume de mensurar e avaliar todas as ações, possibilitando um aumento de produtividade e melhor uso de seus recursos, além da expansão de sua loja ou escola, pois terá uma visão clara do que acontece com seu negócio.

  • Matéria escrita por Alan Cardoso publicada para a Revista Folha Sinfônica – Ed. 53