Internet x Negócios

Posted By on Dec 25, 2009


ej

Usar a internet nos negócios não é mais uma questão de escolha: é uma questão de sobrevivência. Mas por que tantas escolas ainda resistem a investir  intensamente em seus sites, aplicações online, ambientes virtuais e ações de marketing na internet?

É porque a maioria das pessoas ainda não entendeu como utilizar a internet em seus negócios!

O crescimento da internet no Brasil é imenso. Poucas empresas e escolas aproveitam com eficiência e internet em seus negócios, seja com lojas virtuais, seja com sites, blogs ou ambientes virtuais de aprendizagem.

Conheça alguns dados sobre o perfil do internauta publicados pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil:

  • Em 2009, quase 50 milhões de consumidores usam a internet no Brasil;
  • Representam mais da metade da classe C;
  • mais de 80% da classe B;
  • quase a totalidade da classe A;
  • passam mais de três vezes na internet do que assistindo televisão;
  • 28% dos domicílios brasileiros possui um computador, sendo 95% da classe A, 70% da classe B e 25% da classe C;
  • Freqüência de uso: dos indivíduos que acessam a internet, 54% acessam diariamente, 34% acessam uma vez por semana, ou seja, 88% das pessoas que acessam a internet o fazem mais de uma vez por semana;
  • 69% utilizam a internet por cerca de 1 a 10 horas semanais.
  • 69% acessam sites de relacionamento e mídias sociais;
  • 83% utilizam mecanismos de busca;
  • 50% dos internautas buscam informações sobre bens e serviços;
  • 72% usam a internet para a educação.

Mesmo com estes números, o investimento em projetos web é quase nulo. Sem contar em milhares que ainda não possuem nem sequer um site ou mal utilizam e-mail.

Comece a considerar o potencial da internet não como uma opção, mas como uma questão de sobrevivência dos negócios a curto e médio prazo.

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>